6 cidades para se apaixonar pela Provence

No Comments
1/6 – Gordes

Vilarejos suspensos, encravados nas montanhas, estão por toda parte na região da Provence. Gordes é tido como um dos mais belos, dominado por um château do século 16. As curvas vielas medievais ficam no alto da montanha e valem à pena serem percorridas a pé, desvendando seus encantos. Gordes é uma das cidades mais visitadas na Provence e, ainda sim, conserva seu charme e tradições.

 

 

 

 

2/6 – Roussilon

Roussillon fica numa localização insólita, no alto das colinas, sobre o maior depósito de ocre do mundo. A paisagem é um dos seus espetáculos principais, com as rochas vermelhas e as casas em tonalidades rosadas.

 

 

 

 

 

 

3/6 – Les Baux-de-Provence

Sabe-se que a região de Les Beaux-de-Provence é habitada desde 6 mil a.C., no período Neolítico. Hoje, a cidadela abandonada no alto de um platô rochoso proporciona bela vista das Alpille, uma pequena cadeia de montanhas rochosas, características da Provence. Imperdível é a visita ao Carrières de Lumières, uma espécie de museu na caverna com apresentações multimídia.

 

 

 

 

 4/6 – Gigondas

A cidade é super pequena, conhecida principalmente por seus vinhedos. E o cenário também é encantador. Gigondas está no topo de uma colina, e abriga uma charmosa igreja do século 11, ruínas de um castelo e 20 esculturas produzidas por diferentes artistas.

 

 

 

 

 

 5/6 – L´Isle sur la Sorgue

Mais conhecida como a Veneza da Provence, Sorgue é rodeada pelo rio de nome homônimo, que lhe confere um charme especial. Mas cidade é especialmente famosa por seus mercados e feirinhas de antiguidades, além dos charmosos cafés e restaurantes à beira do rio. Sorgue vale a visita, e a melhor maneira para explorá-la é a pé ou de bike.

 

 

 

 

 

6/6 – Simiane la Rotonde

Em meio à Rota da Lavanda, no topo de uma colina, o vilarejo Simiane-la-Rotonde leva esse nome devido à rotunda construída no final do século 12 para proteger a fortificação de seu castelo. É um dos mais notáveis exemplos da antiga arte romântica. A cidadezinha destaca-se também por ser a principal região produtora do óleo e essência de lavanda da França.

Categories: Destinos

Deixe uma resposta