As melhores Estações de esqui da América do Sul

No Comments

Valle Nevado, no Chile

A estação de Corralco

 

 

 

 

 

 

 

Chile e Argentina concentram o melhor do Esqui no Continente

Pode apostar: para viver emoções na neve não é preciso ir até a Europa ou aos Estados Unidos. O hemisfério norte é incrível, tem grandes e tradicionais estações de esqui, além de experiências para todos, mas a América do Sul não fica atrás. O Chile e a Argentina são daqueles destinos que visitar apenas uma vez não é suficiente para ter noção de sua dimensão. Os dois contemplam cenários de extremos, que estão entre os mais belos e instigantes da região. Ambos ainda contam com algumas das melhores estações de esqui sul-americanas, ideais para férias em família, com pistas de diversos graus de dificuldades e uma grande oferta de atividades tanto para crianças como para adultos.

Chile
A pioneira Portillo
Portillo é um dos destinos preferidos dos esquiadores e famílias no hemisfério sul. A estação localizada a pouco mais de duas horas de carro da capital Santiago, é a mais antiga da América do Sul e fica ao redor da bela Laguna del Inca, um cenário especial. Famosa pela ótima qualidade da neve e também pela excelente escola de esqui e snowboard, Portillo recebe esportistas e visitantes do mundo todo, atraídos pela sensação de refúgio e possibilidades de aventura. Aos iniciantes, a estação oferece três pistas, El Corralito, El Puma e La Princesa, ideais para aprender e praticar o esporte com segurança e tranquilidade. Já àqueles que dominam melhor o esporte, pistas como Las Lomas e David´s Run, entre muitas outras, trazem mais adrenalina. Para os esquiadores experientes e que gostam de desafios, os destaques são as duas pistas consideradas as mais difíceis da estação, a El Condor e a La Roca Jack.

Adrenalina e aventura em Valle Nevado
Considerada a maior área esquiável do hemisfério sul, com mais de 20 quilômetros de pistas, a estação de Valle Nevado está localizada a 3 mil metros de altitude nos Andes chilenos e os muitos picos nevados das cordilheiras formam um dos cenários mais encantadores do país. As pistas apresentam diferentes características e graus de dificuldade – um verdadeiro centro de esqui planejado para a prática de esportes de inverno como snowboard e heliski, – e são consideradas perfeitas tanto aos esquiadores principiantes como aos experts. Valle Nevado é daqueles destinos que agradam famílias e casais em lua de mel, oferecendo aulas particulares ou coletivas de esqui que ajudam os visitantes a descobrirem as melhores partes das montanhas geladas.

Corralco surpreendente
Corralco desponta como uma ótima opção na América do Sul. Localizada na encosta do Vulcão Lonquimay, a estação de esqui foi construída dentro de uma reserva protegida e garante excelentes temporadas para a prática de esportes de inverno. Na região, estâncias termais e uma exuberante floresta de araucárias se juntam a ótimas pistas para a prática de snowboard e esqui, criando uma atmosfera perfeita para os esportes de inverno no Chile. Além dos esportes já mencionados, também é possível praticar outras modalidades nos picos nevados de Corralco, como o snowshoeing e trilhas por belos bosques, que podem ser complementadas por excursões de snowmobile e visitas às termas

Chillán, a estação ao lado de um vulcão
Localizada nas encostas de um vulcão e dona de pistas emolduradas por bosques intocados, as Termas de Chillán são uma estação de esqui dentro de um centro termal. Ao sul de Santiago, Chillán é famosa por seu spa especializado em tratamentos com águas sulforosas do vulcão e por apresentar a maior pista da América do Sul, a Três Marias com 13 quilômetros de percurso. Além disso, ainda conta com atividades como heliskiing, circuitos de moto na neve, trenós puxados por cães, e várias alternativas que proporcionam descanso e relaxamento.
Argentina

Ushuaia: Neve na Terra do Fogo
Capital da Terra de Fogo e considerada a cidade habitada mais austral do mundo, Ushuaia reúne o melhor da tradição e modernidade. Refletindo em seu traçado urbano e em seus desenhos arquitetônicos uma forte ligação com seu passado, ainda conta com paisagens deslumbrantes que roubam a cena com mar, bosques, geleiras e montanhas, oferecendo diversas opções de atividades. O esqui é um dos seus principais atrativos, já que conta com uma das estações de esqui mais exclusivas da Argentina a 26 quilômetros da cidade.

A tradição de Bariloche
Em Cerro Catedral, a prática do esporte é a principal atração durante o inverno, mas, aos não-praticantes, há restaurantes e a linda vista para apreciar. Seus arredores são dominados por paisagens cênicas e um dos passeios mais imperdíveis para admirá-los é o Circuito dos Lagos. Seguindo em um veículo 4×4, o caminho revela vales, cordões montanhosos e os lagos Escondido e Fagnano – dois dos retratos mais belos da Patagônia argentina.

A exclusiva Villa La Angostura
Uma opção à badalada Bariloche, Villa La Angostura tem atmosfera cool e exclusiva às margens do lago Nahuel Huapi. A proximidade de alguns parques naturais, como o Parque Nacional Los Arrayanes, é uma atração. O esqui é destaque na estação de Cerro Bayo. São 25 pistas, 16 meios de elevação, escola infantil de esqui e várias opções de atividades para toda a família.

 

Categories: Destinos, Dicas

Deixe uma resposta